Amigos: uma grande fonte de empregos

Dentre as estratégias mais eficientes na busca por um bom emprego a que mais se destaca é a utilização de seu networking, ou seja, de sua rede de relacionamentos.

 

Os nossos amigos servem para nos amparar nos momentos de dor, para compartilhar nossas confidências, para nos ajudar nas horas difíceis e para comemorar os momentos felizes. Contudo, você sabia que os amigos também servem para nos ajudar a conseguir um bom emprego? 

 

Claro que amigo que te incentiva a faltar aula para namorar, te aconselha a faltar ao trabalho para ir ao show, que te estimula a beber à noite para você chegar atrasado no outro dia, esse quer ver o seu fim e não o seu sucesso. Esse é o “amigo de cachaça”, perfeito apenas para os fins de semana. Não é exatamente deles que eu estou falando. O amigo de farra pode também ser um bom relacionamento no mundo corporativo, mas essa não é a regra. O normal é que os nossos conhecidos, que sabem bem sobre o nosso desempenho profissional, possam nos indicar para outros amigos e assim aumentar nossas chances de conseguir uma boa colocação.

 

A partir de agora, convido-o a analisar seu círculo de amizades. Faça uma lista de quem você considera seu amigo de verdade. Agora, relacione as pessoas que considera seus colegas, parceiros das confraternizações de fim de semana. Por fim, faça uma relação dos apenas conhecidos, mas que você possui uma boa proximidade.

 

Feito isso, verifique o que de bom, profissionalmente, cada um deles pode acrescentar. Quem deles trabalha e quem prefere apenas dançar, namorar e curtir a vida. Separe os que trabalham e são responsáveis numa folha de papel à parte. A partir de agora você irá verificar os pontos positivos dos seus amigos que poderão te ajudar.

 

Por exemplo, quem deles está empregado numa empresa que você gostaria de trabalhar? Peça que ele leve o seu currículo para o setor de Recursos Humanos. Você tem algum amigo que possui cargo de chefia? Se ele exerce esse cargo é porque tem alguma influência. Deixe seu currículo com ele e peça que encaminhe para a pessoa responsável pela contratação.

 

Conhece algum empresário? Entregue seu currículo a ele, pois o processo de decisão de contratação passa pelas mãos dessa pessoa. Essas são algumas das oportunidades que você precisa aproveitar para ser chamado para uma entrevista.

 

Não precisa ter vergonha de pedir ajuda ao seu amigo, principalmente se essa ajuda for emprego. O famoso Q.I. (Quem Indique) existe mesmo e funciona muito bem. Saiba que mais de 80% das vagas de emprego no mundo são preenchidas por conhecimento pessoal, pois as empresas sentem-se mais seguras e confiantes em contratar pessoas indicadas, já que se comprometem de forma mais incisiva com os seus objetivos.

 

Isso quer dizer que quando uma pessoa da própria empresa indica alguém para trabalhar nela, significa que o funcionário está dando o seu aval, ou seja, está dando um atestado de crédito pessoal, pois ninguém é louco o suficiente para arriscar a sua imagem diante do chefe indicando uma pessoa incompetente ou mau caráter, por exemplo.

 

É uma responsabilidade muito grande indicar alguém e maior ainda pedir para ser indicado por alguém, visto que alguém emprestou sua imagem e reputação para avalizar o comportamento e desempenho profissional de outra pessoa. Assim, ao ter o seu currículo apadrinhado por um amigo, saiba que você passa a dever mais do que um favor, você tem a obrigação de desenvolver um trabalho excelente e ter uma conduta acima do exemplar.

 

Por isso, algumas pessoas preferem não indicar amigos para a empresa em que trabalham, pois se esse indicado fizer alguma besteira, quem indicou pode sofrer as conseqüências também. Veja só o seu grau de responsabilidade em relação a esse assunto, pois se você pedir a um amigo para te indicar e você fizer besteira significa dizer que está colocando o pescoço dele em jogo.

 

Assim, se algum amigo seu te indicar para trabalhar na empresa em que ele trabalha, sua carga de responsabilidade mais que dobra, triplica, pois você deverá ser mais competente, mais trabalhador e mais honesto que todos os outros funcionários da empresa, pois se estiver trabalhando terá sido por causa desse seu amigo e você deve fazer de tudo para que seu emprego e o dele se garantam por muito tempo. Você deve fazer isso em retribuição à confiança que seu amigo depositou em você.

 

Utilize os seus amigos na busca do emprego sem ser chato. Se forem realmente seus amigos, irão te ajudar, mas saiba que isso tem limite. Eles farão o melhor, mas se não conseguirem, paciência! Procure outro amigo.

 

E se algum conseguir, agradeça à altura e honre a confiança. Lembre-se que se você fizer alguma bobagem irá comprometer o emprego daquele que se esforçou para que você entrasse na empresa, a cabeça dele também estará a prêmio, ou seja, o chefe vai querer “matar” o idiota que indicou você.

 

Reconheça, com muita dedicação e trabalho, o esforço e o sacrifício que o seu amigo fez por você e quando tiver a primeira oportunidade indique outros amigos de sua confiança ao seu chefe ou ao setor de Recursos Humanos da empresa. Se ele se der bem no trabalho você vai ganhar pontos com os seus superiores por terem descoberto um talento através de você. Talvez venha até a te pedir para indicar mais gente igual ou parecida com o último que você indicou.

 

Mas tenha muito cuidado! Não vá indicar pessoas que você não tenha plena confiança em suas atitudes, comportamentos e competência, pois seres de natureza desonesta, encrequeira, fofoqueira, preguiçosa e mal intencionada não fazem bem para a saúde da empresa e se tiverem sido indicados por você, não farão bem à saúde de seu emprego.

 

 

Please reload

Artigos em destaque

Quanto ganha um Nutricionista?

12/05/2016

1/3
Please reload

Artigos recentes
Please reload

Arquivos
Please reload

Busque pelas palavras-chave
Please reload

Siga-nos
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Fale conosco

HunteRH - Executives / Capital Humano Executivo

Copyright © 2015 | HunteRH. Todos os direitos reservados.

emprego